ESTIMULAR A PRODUÇÃO DE LEITE MATERNO

Image module

GALACTOGOGOS

Muitas vezes me colocam esta questão, sobre o que devemos fazer para estimular a produção de leite materno.

Ora vamos por partes. Primeiro isso é possível? Sim.

Podemos utilizar substâncias que estimulam a produção de leite materno, e por essa razão são apelidadas de galactogogas.

Dentro destas substâncias temos as de síntese química (a mais utilizada é a domperidona), a fitoterapia (plantas com essa ação, como o cardo mariano, o funcho ou a alfalfa) ou a homeopatia (como o Ricinus communis), são alguns exemplos.

Podem ser realmente úteis (com as devidas precauções e com acompanhamento de um profissional de saúde).

Mas em que situações? Qualquer mulher a amamentar as deve tomar?

Pois! Aí é que está! Não!

Primeiro é essencial analisar toda a situação:

Não produz leite? Nunca produziu? Ou deixou de produzir? Foi alguém que disse que não produzia? Ou é a mulher que “acha”? Sente que é insuficiente? E porquê? O bebé tem fome? Não está saudável?

Vamos olhar para a fisiologia do corpo da mãe. Para produzir leite precisa de produzir uma hormona chamada prolactina. Esta hormona “trabalha” juntamente com outras hormonas e neurotransmissores, ou seja, ao “trabalharem” juntos, auto regulam-se e interferem com o trabalho uns dos outros.

Se a mãe está stressada, cansada, ansiosa, vai ter um desequilíbrio maior de alguns neurotransmissores (GABA, serotonina, melatonina, dopamina…)e estes vão influenciar a produção de prolactina!…

A prolactina estimula a produção de leite, mas para ele sair, é necessário a ação de outra hormona, a oxitocina, que vai ejetar o leite da mama! Então, é essencial que as duas funcionem corretamente juntas, pois caso contrário, podemos ter muita produção, mas sem oxitocina o leite acumula nas glândulas mamárias e pode levar ao desenvolvimento de focos inflamatórios (mastites).

O que também sabemos é que o stress, a ansiedade, também inibem a correta produção de oxitocina endógena.

Então avaliando bem cada situação, por vezes pode ser pior utilizar estas substâncias que estimulam a produção de leite.

Vamos perceber cada mãe.

Vamos perceber o que está a interferir com este processo e se realmente existe algum problema!

Se existir, então vamos ajudar! Seja aumentando a produção de prolactina ou ajudando o organismo a estar mais relaxado e a fazer a sua correta produção hormonal.

Your email address will not be published. Required fields are marked *

en_USEnglish